Comitê de Nefrologia responde dúvidas surgidas em evento da SOPERJ

Autor:Dr Franklin Prado Hernandez, presidente do Comitê de Nefrologia da SOPERJ

1. Em exame de urina de rotina, qual o valor do nitrito e das esterases
leucocitárias?
– O teste do nitrito é indicativo da redução do nitrato em nitrito por determinados grupos de bactérias presentes na urina enquanto que o teste das esterases leucocitárias seria um indíco de leucocitúria. No entanto ambos os testes tem limitações, ocorrendo situações que se apresentam como falso positivos ou falso negativos, portanto, não devendo serem utilizados como testes definitivos para o diagnóstico de certeza de Infecção Urinária. O padrão ouro pra diagnóstico de Infecção Urinária é a urocultura com coleta de amostra de urina adequada.
2. Qual a melhor opção terapeutica para criança de 1 ano, com sintomas de infecção urinária e diagnóstico laboratorial positivo?
O tratamento adequado, pelo menos inicialmente, deve ser com medicação parenteral (cefalosporinas de terceira geração,a minoglicosídeos,etc), em ambiente hospitalar ou não (dependendo do quadro clínico da criança) com posterior terapia de troca para medicação oral, de acordo com evolução clínica e teste de sensibilidade antimicrobiana através de urocultura. Alguns autores apontam para possibilidade de tratamento oral nesses pacientes, sobretudo se forem afebris, desde que tenham bom estado geral e não apresentem complicações clínicas. As cefalosporinas de 1ª e 2ª geração poderiam aqui ser utilizadas, assim como a nitrofurantoina ou mesmo o acido nalidixico.